Inglês / 30 de abril de 2015

From A to Z – The end

Ok, não tava com altas expectativas pra participação de vocês nesse último desafio aqui pelo site. Ainda mais considerando a quantidade de comentários que eu recebi pelo Youtube. Mas graças aos lindos May Siqueira e João Victor eu não fiquei completamente abandonada, obrigada aos dois pela participação.

Escolhi a da May pra corrigir porque o texto dela acabou ficando mais completo, apesar dela ter esquecido de incluir a palavra fortunate. 

O texto dela:

May Siqueira

Minha correção:

I met my husband in a pub, we were introduced by some common mutual friends. At first I thought he was an introvert, and he thought I was too conceited. But actually we were just shy and oblivious to how our demeanors were perceived. But after some talk conversation and a few drinks with edible garnishes, we got along pretty well. He liked my witty way to talk, and he proved to be an amazing guy with an uncanny sense of humor. He soon introduced me to his family. Her mother was a vivacious woman, but her his sister was a real bitch. She wouldn’t squander the opportunity to taunt and belittle me. She was a maven in implying stuff to get under my skin, totally screwing the leisure times we spent in his house. It came to the point I was became jaded from that situation, but my boyfriend would always yield good moments that would rekindled my happiness and patience, and that would keep me going. When we found out we were expecting our first child, she claimed to gave herself the quest to decorate the nursery. I was so happy that I didn’t hinder that, but I should’ve known better. She hired a team and they that made such a mess that looked like a hoard of zombies had climbed come out of from one of my gory movies and into inside my house and messed everything up. I should’ve anticipate she wouldn’t zealously commit to the task, but she stated it was they were a renowned enterprise company in the market, and their work were was puissant and talented. She had the nerve to say that I was xenophobic, just because the workers were latins. What a sucker.

A única parte que ficou pouco clara foi a parte que eu sublinhei. Pela disposição das palavras, você deu a entender que ficou feliz de não impedir o que aconteceria. Pra arrumar isso a gente teria que reescrever a frase. Eu sugiro algo tipo: I was very happy and I didn’t stop her, but I should’ve known better. 

As outras correções foram naquele esquema de melhorar a fluência e ajeitar certas expressões como, por exemplo, em vez de “common friends”, mutual friends.


Espero que vocês tenham gostado da série From A to Z! Foi muito legal criar esse conteúdo.

Se vocês quiserem revisitar as palavras, eu criei uma tag chamada “From A to Z” aqui no site e clicando nela vocês terão acesso à todos os posts e vídeos da série.

Também coloquei todos os vídeos do VEDA From A to Z em forma de playlist no Youtube. Clicando aqui vocês poderão ver todos os vídeos na sequência em que foram postados.

Muito obrigada pela participação de todos, foi ótimo poder contar com vocês pra fazer o meu projeto criar vida!


Tags:  From A to Z



Cintia Freitas
Sou formada em Tradução e em Marketing, gosto muito de escrever e odeio queijo. Todas as informações são igualmente importantes.




Posts Relacionados




7 Comentários

May 01, 2015

Meu interesse pela língua inglesa começou aos meus treze anos de idade quando eu me descobri uma SUPER fã dos HANSON e BACKSTREET BOYS. Daí por diante tudo o que esta em inglês me chama a atenção. Passei a pesquisar tudo sobre esse idioma e agora com o VEDA descobri que meu conhecimento ainda é baixo.
O VEDA FROM A TO Z foi muito valioso pra mim! Você tirou várias dúvidas importantes e me esclareceu bastante. De todas as palavras utilizadas, tanto no canal quanto pelo site eu só conhecia três delas.
Você transmite muita segurança no que fala, e sua pronúncia é PERFEITA! Dá pra notar o respeito que você tem com cada palavra inglesa e seus vários significados.
Agradeço muito por poder acrescentar palavras inéditas ao meu aprendizado!
UM GRANDE ABRAÇO.


May 01, 2015

Quando eu escrevo meu texto, faço uma revisão antes de mandar pra minimizar os erros, mas dessa vez eu acho que me enrolei e colei o errado, o sem revisão hahaha que saco

Mas agora relendo percebi que tem coisa que deixei na versão final e que realmente ficou sem sentido haha
E na hora de escrever me da branco e rola esses “common friends” e “enterprise” kkkkkkkk

E eu juro que o fortunate tava haha eu coloquei que “I’m so fortunate! ” por meu namorado me distrair das peripécias da bitch em questão kkkkkkkk

Ahhh que genial que me escolheu de novo! To muito feliz!
Adorei o VEDA e adorei participar, independente de ser escolhida. Achei sua ideia muito atenciosa, afinal nós ganhamos muito, mas acabou sendo desgastante para você. Mesmo assim foi pontual e nunca perdeu o entusiasmo.

Obrigada! Que VEDA incrível!


May 01, 2015

Camila também aprendi por causa dos Backstreet Boys! ♡


    May 01, 2015

    May muito legal saber disso!


May 01, 2015

Poxa, eu achei que você iria corrigir os dois textos! Infelizmente, não deu pra mandar o meu a tempo, mas quero agradecer bastante pelo VEDA. Esperemos agosto…………..! :B


May 01, 2015

Cintia,

Esse Veda foi muito bom, gostei bastante, só não participei pq estava em épocas de provas + trabalhos + provas na faculdade XD, enfim logo mais revisarei todas as palavras desse New Vocabulary e estuda-las muito e tentar fixa-las e usa-las nas frases , mesmo que sejam em frases simples, seguindo obvio meu nível de inglês.

So, Thanks Cintia.


May 03, 2015

Parabéns pelo VEDA! Estava muito bom !
Adorei!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *