Viagem / 25 de março de 2011

Dicas de viagem: Canadá

A seguir dou umas dicas que gostaria de ter recebido quando fui pro Canadá pela primeira vez. Se você tá planejando ir pra lá, pegue um caderninho e anote minhas palavras de sabedoria.

Leve adaptadores de tomada

Lá, as tomadas são de “risquinho” em vez de “redondinhas” como as do Brasil. Dá um desespero enorme querer ligar alguma coisa na tomada, olhar para todos os cantos do quarto e do mundo e só ver essas tomadas de risquinho. Os adaptadores no Brasil são bem mais baratinhos que os de lá. Inclusive, compre alguns porque esses negócios são mais perdíveis que a vida.

No aeroporto, preste atenção nas placas e nas instruções que são dadas

Especialmente se estiver na área da imigração, para ser entrevistado. Aja naturalmente e com calma. Se tiver uma placa dizendo “Wait behind the yellow line“, não espere EM CIMA da linha amarela ou na frente da linha amarela. Espere ATRÁS da linha amarela. Se lhe disserem para manter o passaporte e o cartão de embarque em mãos, faça isso.

Depois de sair do avião, se você estiver meio perdido, siga a massa e procure por placas, tem placa pra tudo e é perfeitamente possível andar pelo aeroporto (que é gigante) se baseando nelas. Em último caso, procure alguém que trabalha lá, os funcionários estão sempre uniformizados e dispostos a ajudar. Por favor, não esqueça de ser educado – sorryexcuse me e thank you são expressões que todo mundo conhece, utilize-as.

Se possível, leve moedas para usar no aeroporto

Quando você chega, pode alugar um carrinho para colocar as malas e esse carrinho até onde eu lembro custa dois dólares canadenses (que é a moeda maior, prata e dourada). Até tem um standzinho de câmbio, mas se der pra já trazer uns trocados em dólar canadense, sua vida fica mais rápida e fácil (e por mais rápida, entenda: você conseguirá um lugar melhor para esperar pelas suas malas e eventualmente se matar tentando tirá-las da esteira rolante do inferno).

Não gaste sua fortuna em casacos de inverno no Brasil

Se você estiver pensando em viajar enquanto estiver frio, saiba que esse casacão lindo que você comprou no shopping e pagou um milhão de reais não só não vai te proteger do frio polar de lá como também vai ocupar um grande espaço de mala/mochila/vida que você certamente poderia usar para outra coisa. A dica para se proteger é vestir várias camadas de roupa durante os primeiros dias e deixar pra comprar as específicas para frio aqui. Mesma coisa para sapatos. Docíssima ilusão achar que essas botas grandonas do Brasil vão servir pra andar na neve maldita de lá.

Vá preparado para o clima seco, mas nem tanto

Leve um protetor para os lábios (manteiga de cacau, por exemplo) e algum tipo de creme para as mãos e para o corpo – acredite, não é frescura. O clima é realmente mais seco e isso dói se você não estiver preparado. Entretanto, deixe para comprar os produtos mais específicos aqui, porque eles são próprios para o clima e muito provavelmente mais baratos.

Meninas (e meninos que se importam com isso), não exagerem na quantidade de produtos para cabelo na bagagem porque também não vale a pena. Tragam só o mais básico e comprem os cremes de hidratação e condicionadores aqui.Vale lembrar que o baque que a mudança brusca de clima causa é real (externa e internamente) e o período de adaptação, pelo menos comigo, demora em torno de um mês. *Alerta de informação delicada: Informação delicada a seguir* Minha menstruação atrasou todas as vezes que eu vim pra cá e eu normalmente sou bem regulada. *fim da informação delicada*

Durante esse período de adaptação sua garganta vai ficar esquisita, bem como o seu nariz e sua pele, do rosto principalmente. O cabelo também costuma ficar uma bosta, mas tudo melhora depois.

Caso sua viagem esteja programada para o meio do ano, tenha em mente que fará calor

Ao contrário do que muita gente pensa, lá tem verão também – não exatamente como no Brasil (onze meses por ano), mas tem. Nesse caso, todos os conselhos que dei sobre roupas e sapatos de frio se invertem. Compre shorts, chinelos, biquinis e baldinhos de praia aí. São melhores, mais bonitos e mais baratos.

E é isso! São dicas bem básicas, só pra você não ficar perdido naquele primeiro momento que pode ser meio desesperador tipo MELDELS NUNCA MAIS VOU CONSEGUIR LIGAR NADA NA TOMADA!!! (correndo pelo quarto com as mãos pro ar enquanto lágrimas escorrem e você tropeça). Espero que ajude, e se você que já foi tem mais dicas, deixa aí nos comentários pra gente!


Tags:  Canadá Dicas Viagem



Cintia Freitas
Sou formada em Tradução e em Marketing, gosto muito de escrever e odeio queijo. Todas as informações são igualmente importantes.




Posts Relacionados




10 Comentários

Mar 13, 2015

Aii ameii o post, e uns dos meuus maiores sonhos é ir pro Canadá


Mar 13, 2015

prometo que sigo suas dicas fabulosamente maravilhosas quando for viajar pro canadá. seu site tá mto bom cara!


Mar 16, 2015

Moro em Toronto há 8 meses e assino embaixo de tudo o que você disse. Além dessas dicas, eu lembro que deixei para comprar aqui esmaltes e alicate de unha, mas me arrependi muito, porque (pelo menos onde eu procurei), os esmaltes bons custavam mais do que o triplo do que custa no Brasil e os alicates… (gente 20 dólares um alicate). Ou seja, meninas, comprem essas coisas no Brasil antes de virem pra cá (manicures, pedicures e afins também são muito caras). Resolvi meu “problema” só depois de 5 meses estando aqui, quando minha mãe veio me visitar e, sim, trouxe os bons bonitos e baratos esmaltes brasileiros e um alicate ótimo que não deve ter custado nem 10 reais.


    Jan 01, 2016

    Oi Natália, tudo bom? Você tem um email pra eu entrar em contato contigo? Estou pensando em fazer intercâmbio e gostaria de conversar com alguém que mora ai já, se você puder claro. =]


Mar 16, 2015

Cintia, você saia com seu passaporte original? Estou indo para Vancouver em 3 dias e estou pensando em tirar uma cópia coloria do passaporte e do visto, plastificar e andar só com ele, em vez de ficar carregando o meu original para cima e para baixo.
Beijinhos! Adorei o site <3


    Mar 16, 2015

    Cintia, você saía com seu passaporte original? Estou indo para Vancouver em 3 dias e estou pensando em tirar uma cópia coloria do passaporte e do visto, plastificar e andar só com ele, em vez de ficar carregando o meu original para cima e para baixo.
    Beijinhos! Adorei o site <3
    (a primeira que mandei apertei em não receber respostar sem querer haha)


      Mar 22, 2015

      Oi, não sou a Cintia, mas fui pra Vancouver e o conselho que te dou é andar com a cópia do passaporte sim.

      Mas não esqueça, se vc for fechar qualquer contrato com operadores de celular (por exemplo), ou for comprar alguma coisa como eletrônicos ou for fazer algum passeio, leve o original!!

      Boa sorte em Vancouver!!


Apr 08, 2015

Cintia, quando penso em ir a outro país, um dos motivos que me intrigam é a procura por uma instalação. Por acaso vc poderia contar mais a respeito da sua experiência com isso? Vc por acaso alugou uma casa, ficou na casa de alguém ou pagou uma estadia em um hotel?


Apr 26, 2015

Olá Cintia, adorei as dicas :), estou me organizando com meu namorado pra irmos pra Toronto no inicio do ano que vem, e gostaria de saber se você poderia nos dar indicações de estadias que não custem tão caro, estamos indo pra trabalho e estudo vamos estudar na George Brown. Portanto como é a longo prazo gostaria de saber a sua opinião de como devemos proceder, pois pretendemos morar lá, queríamos que você nos dissesse se é muito difícil ficar residente lá, como isso seria possível, estamos estudando e economizando muito pra isso. Obrigada , beijoss.


Jul 25, 2015

Dicas MUITO precisosas. Ah se eu tivesse lido antes de vir pra cá, teria sofrido mesmo. O primeiro rolo foi pra pegar ônibus em Toronto pq eu não tinha moeda. E eu realmente quase chorei quando ví a tomada aqui e concluí que teria que ficar alguns DIAS sem computador até poder ir na Best Buy comprar adaptador (minha casa era muito longe de tudo). Essa dica do adaptador só não é mais valiosa que a que você deu sobre saquinhos plásticos no vídeo ‘morar sozinho’ rs



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *